Coluna do Paulo Rossi

Qual o sabor da morte para você?

Acabo de passar pela pizzaria cujo dono foi acusado de homofobia e quem está conversando justamente com ele que em áudio deseja a minha morte e a de todos os LGBTQIAP+? Alguém próximo. Estou sentindo uma dor tão grande que antes os dois tivessem se unido pra me matar mesmo, mas que matassem com uma faca que perfura e suja. Que molha o corpo inteiro. E que orem com as mãos ao rosto tão vermelhas e tão encharcadas que não consigam nunca mais abrir os olhos colados do ódio que semeiam. Que permaneçam com os olhos fechados. E que nunca mais os abram porque enxergar não é útil a cegos funcionais.
20 minutos de leitura