Atual prefeito de Granjeiro e o pai são suspeitos do assassinato de João Gregório

A Polícia Civil do Ceará pediu a prisão dos dois, mas a justiça indeferiu o pedido




Atual prefeito de Granjeiro e o pai são suspeitos do assassinato de João Gregório

Ticiano Tomé, atual prefeito de Granjeiro, e seu pai, Vicente Félix de Souza, são suspeitos do assassinato do prefeito João Gregório Neto, morto a tiros enquanto caminhava no Açude junco.

A Polícia Civil do Ceará pediu a prisão dos dois, mas a justiça indeferiu o pedido. Em coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 09, André Costa, secretário da Segurança Pública, informou que foi determinado, como medida cautelar, que Vicente utilize tornozeleira eletrônica e permaneça em área restrita.

Durante a coletiva, André afirmou que a polícia conseguiu reunir provas que indicam que o crime tem elementos que relacionam o fato com desavenças políticas entre João Gregório e políticos da região.

Ticiano assumiu a gestão no dia 27 de dezembro, o atual prefeito e o antecessor eram da mesma chapa, mas romperam  há aproximadamente oito meses, após divergências políticas.

Mais uma pessoa, considerada foragida, teria participado da execução João.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Rayssa Leonel
Carregar Mais Em Notícias

Sobre Rayssa Leonel

Graduada em Jornalismo pela UFCA - Universidade Federal do Cariri. Pesquisadora e caririense bem orgulhosa.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!