Reforma administrativa vai ficar para 2020, afirma Paulo Guedes

O governo já conseguiu aprovar uma reforma da previdência e que resultará na economia de quase R$ 1 trilhão em dez anos.




Reforma administrativa vai ficar para 2020, afirma Paulo Guedes

Foto: reprodução

O ministro da economia, Paulo Guedes, confirmou que a reforma administrativa preparada pela equipe econômica, ficará mesmo para 2020. Conforme decisão tomada pelo presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com Guedes, como o governo já conseguiu aprovar uma reforma da previdência e que resultará na economia de quase R$ 1 trilhão em dez anos. Esta foi enviado em pacto federativo ao Congresso e provavelmente deverá encaminhar a reforma tributária na semana que vem. Para o presidente o “ano está ganho”.

Bolsonaro disse que a reforma “será a mais suave possível”, sugerindo que o governo poderá ceder às pressões dos servidores, desidratando a proposta e preservando privilégios que o projeto original do Ministério da Economia pretendia reduzir. Bolsonaro já havia pedido à equipe econômica para preservar a estabilidade dos atuais servidores, um dos pontos mais relevantes da proposta inicial.

Antes de ser enviada ao Congresso, a reforma administrativa já estava sendo “bombardeada”, por integrantes das carreiras de Estado que reúnem mais de 200 mil funcionários da União, dos Estados e dos municípios, com o objetivo de derrubar vários pontos da proposta antecipada no início de outubro pelo Estado.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por iarameneses
Carregar Mais Em Notícias

Sobre iarameneses

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!