Os programas sociais e o ensino de artes

Por Alexandre Lucas

O conhecimento produzido pela humanidade deve ser socializado e servir a prática social, essa premissa pedagógica deve ao meu ver nortear toda ação que envolve o ensino/aprendizagem. É neste aspecto com que venho refletir sobre a relação do ensino de artes nos sistemas não formais de educação, como é o caso dos programas sociais governamentais e não governamentais.

Qualquer iniciativa que vise gerar inclusão social para as camadas populares é um elemento importante para se combater a vulnerabilidade social. Entretanto, é essencial ter um norte político-pedagógico visando combater o “fazismo”, ou seja, o fazer desconectado da prática social e dos contextos históricos e conjunturais.

alexadre lucas

Neste sentido, o ensino das diversas linguagens artísticas dentro dos programas sociais deve ser amparado por uma lógica que se contraponha a superficialidade e a ausência de um suporte teórico visando eliminar o fazer pelo fazer ou aprender pelo aprender.

Ora o ensino de artes não deve ser encarado como um passatempo e exige embasamento teórico e pedagógico, pois a questão não é ensinar a dançar, a desenhar, ensaiar uma peça ou tocar um instrumento, mas vai, além disso, passa pela necessidade de compreensão do que está fazendo e o que se quer alcançar.

É preciso sair do previsível e do conteúdo de arroz com feijão para as camadas populares. É preciso possibilitar a ampliação das visões sociais de mundo, partindo da compreensão que o ensino necessita ser contextualizado e perpassar por várias áreas do conhecimento, tendo em vista que arte não se explica por si só ou pelo seu fazer.

Nesta perspectiva acredito que o ensino de artes nos programas sociais deva ser amparado no tripé: Ensino Contextualizado, o que vai exigir profissional com formação na área da linguagem artística o que em tese vai possibilitar embasamento teórico e pedagógico; vivência, é preciso que beneficiados tenham acesso a outros espaços de circulação e fruição artística, a novos discursos e a estéticas plurais e; experimentação, é sempre necessário criar a possibilidade de produzir algo no sentido materializar os estudos e a vivência e possibilitar, um novo olhar sobre os pensares e fazeres estéticos e artísticos.

O caráter do tripé pedagógico proposto visa tornar a arte um elemento de conhecimento e reflexão da realidade, instigar os processos criativos e colaborativos, ampliar o acesso a diversidade e ao deslimite da estética e da arte e contribuir para a construção de um novo tipo de agente social capaz de tornar a arte um elemento de humanização, resistência e busca do saber.

Entretanto, ainda encontramos barreiras que precisam superadas nos programas sociais que dizem respeito, por exemplo, as condições de trabalho oferecidas. Os profissionais da área não são atraídos pelos baixos valores ofertados, o que acaba favorecendo que qualquer pessoa que tenha habilidade empírica possa ser um educador nestes programas. Favorecendo a fragilidade do programa e do seu impacto social.

A educação para as camadas populares seja no sistema formal ou informal de ensino só será consequente, quando o conhecimento produzido historicamente for socializado de forma contextualizada e que sirva para a prática social. Caso contrário, estaremos apenas contribuindo para os fazedores de passividade e aniquilamento político.

Comunidade do Gesso realiza quinta trocaria neste domingo

Poesia, artes visuais, música, atividades recreativas, troca de livros, roupas e mudas de arvores são algumas das ações que irão acontecer em mais uma edição da Trocaria no Gesso  neste domingo, dia 22, a partir das 15h00, no Campinho da Comunidade.

cartaz trocaria dezembro

Essa é a quinta edição da Trocaria  que visa contribuir com o processo de organização política da comunidade, através de atividades  criativas e artísticas. A ação é realizada uma vez por mês e conta com um conjunto de parceiros que vão deste  os movimentos sociais ao poder público.
A Trocaria que é uma iniciativa do Coletivo Camaradas que  vem dando  visibilidade a uma área de vulnerabilidade social do Município e abrindo possibilidades para implantação de políticas públicas na localidade.
O Coletivo Camaradas escolheu a área para desenvolver as suas iniciativas  artísticas há cerca de quatro anos e esse ano vem intensificando as atividades. Dentre elas a Trocaria, oficinas, vivências, pipada, intervenções  e constantes reuniões. O grupo deverá implantar no próximo ano uma biblioteca comunitária através de parceria com o Instituto Enoque Rodrigues e o Instituto de Memória e da Cidadania do Cariri.
A comunidade será beneficiada com uma Quadra Coberta em 2014. De acordo com do Secretário de Esportes do Crato, Robério Nogueira,  a quadra é fruto de emenda parlamentar do deputado federal João Ananias e destaca que o equipamento esportivo proporcionará a comunidade além da pratica esportiva outra ações de integração comunitária.
Para o “artivista” do Coletivo Camaradas, Ricardo Alves, o grupo vem realizando atividades na comunidade há algum tempo e destaca que  havia uma inquietação para realizar um trabalho efetivo. “a Trocaria  foi um pretexto para fixar atividades de contribuição artística, politica e  educacional na  comunidade”, salienta Ricardo.
A Trocaria conta com a parceria do Projeto Nova Vida, Companhia Brasileira de Teatro Brincante, Laboratório de Estudos, Vivencias e Experimentos em Arte Contemporânea, Programa Nacional de Interferência Ambiental – PIA, Philantropia Alternativa, União da Juventude Socialista – UJS, Coletivo Foto Crato, Grupo de Performances Cênicas, Laboratório Paídea da Universidade Federal do Cariri – UFCA e das secretarias municipais de Trabalho  e Desenvolvimento Social, Esporte, Educação, Saúde, Serviços Públicos e a Coordenadoria de Políticas Púbicas para Juventude.

Uma cambalhota

Com muita emoção, poesia e inteligência o público brasileiro foi brindado hoje, última sexta feira 13 de 2013, com o novo single do grupo goiano Pedra Letícia. ‘O circo de um home só’ traz de forma irreverente, como de costume para a banda, a narrativa da vida em casal.

‘É uma canção pronta para conquistar ouvintes ao narrar com irreverência o cotidiano de um casal, desde as aventuras na cama até as desventuras do nascimento de um bebê e das consequentes contas a pagar. ’ Conforme postado na página oficial da banda no Facebook.

Na belíssima melodia, que traz o vocal polido de Fabiano Cambota aconselha a pintar uma lágrima de dó em frente ao espelho, e logo em seguida arrumar o paletó enxugue a lágrima antes pintada e juntar forças para a cada dia dar conta do leão.

E o Cinema? Cariri Garden Shopping e Orient Cinemas esclarecem

20131212_091908Depois de um lapso temporal de silêncio e angustia o Cariri Garden Shopping e a Orient Cinemas convocou a imprensa para anunciar a inauguração do Cinema.

Os admiradores da sétima arte sentem-se órfãos desde que a pouco mais de dois anos o Cariri Shopping fechou o único cinema comercial do Cariri para reforma e nunca mais voltou.

Nesse período surgiu várias teorias sobre o estabelecimento. Os boatos ganharam forças nas redes sociais chegando a ser pregado por muito a informação de que não seria mais possível reabrir o cinema por condições de engenharia e eletricidade.

A equipe de marketing do Shopping junto com a Orient Cinemas esclareceu que o atraso da obra deve-se único e exclusivamente a falta de cumprimento de prazos com a antiga construtora.

O grupo baiano afirmou que a espera seria recompensado com uma grande estrutura já ofertada por essa administração em outras grandes salas no país. O grupo já opera nos 3 continentes e promete trazer o melhor para o Cariri.

Foi apresentado aos presentes a estrutura que contará com 6 salas com um total de 1280 lugares, 2 salas 3D.

A inauguração está prevista para o primeiro trimestre de 2014. A equipe do Fooba! questionou se essa data seria realmente cumprida pois já foram divulgados oficialmente outras datas que se gerou uma enorme expectativa e não foi cumprido. A equipe das obras foi enfática em afirmar que as obras já estão em um processo avançadíssimo, com subestação implantada pela Coelce e a data máxima para entrega é impreterivelmente 30 de março.

A visita guiada apresentou 3, das 6 salas para os jornalistas. Incluindo a sala 2, a maior sala da estrutura com 469 lugares e tela de 120 m².

Algumas novidades tendem surpreender o visitante, como bilheteria informatizada com 10 guichês, bilheteria de auto atendimento. O sistema construtivo será o “boxes in box”  ou seja, salas independentes com isolamento acústico. Telas tipo “walltowall” as telas serão “falt” ou panorâmico.

Vamos continuar na esperança, mais revigorada com os esclarecimentos.

[ATUALIZAÇÃO]
A galera do CaririFan tem mais detalhes sobre os dados apresentados na coletiva.

Tribo Kariri prepara lançamento do clipe Seu nome, de Dudé Casado para Janeiro de 2014

Tribo Kariri prepara lançamento do clipe da música “Seu Nome”, do Cantor Caririense Dudé Casado com previsão para janeiro de 2014 em grande evento.

Envolvidos entre Produção e outras contribuição estão Tribo Kariri, Geo Brasil, Caio César, Camille Alex, Ramon Kesllen, Lino Fly Kariri, João Paulo Ferreira, Rodrigo Brasil e Yhago Shalys e Alane Golveia.

A atriz Alane Golveia relata que adorou a experiência de participar de um projeto tão ousado. Afirma ainda que não possui palavras pra descrever seu sentimento em relação a sua participação no Clipe, mas acredita que venceu desafios pois não achou que teria coragem de atuar nesse tipo de locação.

O cenário escolhido foi um famoso cemitério local e as cenas noturnas casam perfeitamente com a poesia de Dudé, num trabalho que promete quebrar paradigmas para produção de vídeo clipes na região do Cariri.

Enquanto aguardamos ansiosamente o Clipe, delicie-se com o teaser já publicado ou, você pode também, ouvir e fazer o download desta e de todas as outras música do Album À Esquerda de Quem Vem, de Dudé Casado, na sua página no TNB.

Músicos se articulam para Festival Independente em Crato

O assunto que mais repercutiu nas redes sociais do cariri nos últimos dias foi a insignificante programação destinada a cidade do Crato, da Mostra SESC Cariri das Culturas 2013.

Como cidade berço do evento, a expectativa em torno dele é grande por parte dos apreciadores das artes. A cidade do Crato tem o que muitos chamam de “magia especial” para esse tipo de evento, sendo esse um dos argumentos para os muitos órfãos da festa.

Porém, a cidade Capital da Cultura, também tem como característica predominante a resistência cultural, e partindo disso um grupo de músicos locais se reuniram e buscaram forças com intuito de se criar uma atividade para preencher a lacuna.

Circula na internet notícias sobre a organização de um Movimento Independente Musical do Crato, que terá uma agenda de 4 dias com apresentação musical de vários artistas. A ação acontece de forma colaborativa e é vista por muitos como uma resposta a negligencia de alguns órgãos com a classe.

A empolgação por parte da Cantora Janinha Brito, essencial na articulação do diálogo entre músicos e poder público, reforça que o amor e a paixão move o artista, e por isso o som vai rolar.

O vereador Luis Carlos usou sua página no Facebook para anunciar o festival e falar do esforço da gestão pública para realização do mesmo.

As apresentações estão previstas para acontecer diariamente de 09 a 12 de novembro na Praça Siqueira Campos sempre a partir das 23 horas.

Fiquem atentos ao Portal Foobá que a qualquer momento divulgaremos a programação e todos os detalhes deste festival!

Mostra SESC Cariri de Culturas 2013

banner-principal

De 8 a 13 de novembro, o Sesc Ceará, em parceria com o Departamento Nacional do Sesc, realiza a 15ª Mostra Sesc Cariri de Culturas, no Sul do Ceará, contemplando 28 municípios do Cariri.

Com o objetivo de diversificar e ampliar ainda mais a atuação do evento nos espaços da região, a abertura do evento acontece no município de Assaré. Berço de saberes, o Cariri, que ano a ano, acolhe a diversidade cultural de todo o país, tem também sua regionalidade destacada.Neste ano, por exemplo, foram convidados 134 grupos de tradições populares. São grupos de Reisados, Bois, Maracatus, Cocos, Pífanos, dentre outros, que fazem da programação um espaço de difusão e preservação das manifestações populares.

Participam dessa edição 2825 artistas do Ceará. No dia 8/11, o Grupo Lume, às 17h fará um grande cortejo pelas ruas da cidade de Assaré. A ação conta com a participação de 70 artistas caririenses que realizaram oficinas com o grupo, resultando no espetáculo intitulado “Cortejo Abre-Alas”. Logo depois, às 18h30, no Largo do Calçadão de Assaré, vai ser hora da celebração entre sanfoneiros. O gaúcho Renato Borghetti e os cearenses Waldonys e Adelson Viana se apresentam com o melhor da música regional. O show acontece na praça principal do município de Assaré.

O presidente do Sistema Fecomércio do Ceará, Luiz Gastão Bittencourt, explica que essa iniciativa também é uma forma de otimizar a programação do Circuito Patativa, além de prestar uma homenagem. “Este ano queremos reconhecer esse grande poeta que é Patativa do Assaré. Um poeta contemporâneo, que emprestou o nome dele ao nosso teatro de Juazeiro do Norte. Simbolicamente nós estamos fazendo a abertura em respeito à história do Patativa e a todo povo de Assaré e do Cariri”, reforça.

Veja os destaques da Mostra SESC Cariri de Culturas na nossa Agenda Cultural.

5ª Guerrilha do Ato Dramático Caririense

5-guerrilha

Com programação que se estenderá no período de 5 a 20 de novembro de 2013, em Crato-CE, a 5ª edição da Guerrilha do Ato Dramático Caririense reunirá mais de 20 companhias de artes cênicas com 32 espetáculos e ocorrerá em dois ambientes: Praça Siqueira Campos (de 5 a 8) e Teatro Municipal Salviano Arraes Saraiva (de 9 a 20). A Guerrilha do Ato Dramático Caririense é um movimento de afirmação da identidade cultural brasileira, a partir da exposição de espetáculos de artes cênicas produzidos e realizados no Cariri cearense, cuja finalidade maior é promover e difundir o teatro, a dança e o circo, contribuindo para seu desenvolvimento, valorização, conquista de plateias e intercâmbio.

Realizamos 4 (quatro) edições da Guerrilha do Ato Dramático Caririense (2009, 2010, 2011 e 2012), mobilizando, incluindo e difundindo mais de 100 (cem) espetáculos de teatro, dança e circo, produzidos e realizados por cerca de 30 (trinta) companhias em funcionamento no Cariri cearense e prestigiados por milhares de espectadores de todas as idades. O movimento expressa publicamente seu agradecimento ao prefeito municipal Ronaldo Mattos, pela atitude firme e sensata de apoiar a Guerrilha, demonstrando compromisso com as causas dos artistas cratenses e responsabilidade para com o desenvolvimento cultural do município e da região. Estimular e fortalecer a produção regional em artes cênicas, valorizando artistas e grupos locais como importantes na consolidação da identidade caririense, preparando a região para intercâmbio que não exclua o valoroso patrimônio cênico do nosso povo, eis alguns dos objetivos elencados pelo dramaturgo Cacá Araújo, idealizador e coordenador geral da Guerrilha, ressaltando a criação de uma cooperativa de artes cênicas como uma meta emergencial do movimento. A produção das artes cênicas no Cariri é intensa e diversificada. Aqui temos excelentes dramaturgos, atores brilhantes, encenadores geniais, bailarinos e coreógrafos de extremo talento. A cena caririense tem o aroma, o rebolado, o ritmo, a história, a cultura do nosso povo, que, longe de significar isolamento, revela avassalador conteúdo universal e fortalece a identidade, a soberania, a autoestima e o sentimento de pertença. A coordenação da 5ª Guerrilha informa que até amanhã divulgará a programação oficial do evento em seus perfis nas redes sociais, blogues e na imprensa local. Crato-Cariri-Ceará, 23 de outubro do ano 2013.

A programação completa da 5ª Guerrilha do Ato Dramático Caririense já está disponível na Agenda Cutural do Portal Foobá. Clique e confira:
[button type=”bd_button btn_large” url=”http://fooba.com.br/categoria/agenda-cultural/” target=”on” button_color_fon=”#fc1db9″ button_text_color=”#ffffff” ]Agenda Cultural[/button]